Teoria da Agenda-setting

portadas_de_periodicosAh, com certeza todas as pessoas que estudaram Jornalismo vão se lembrar da tal da Agenda-setting, aquela teoria que diz que a agenda dos meios condiciona a opinião pública. Essa teoria (ou função midiática) foi criada por McCombs e Shaw a partir de um estudo realizado em 1972. Depois de muitas contestações e mudanças de paradigmas, a Agenda-setting continua gerando frutos na área da Comunicação.

E quem diria que um belo dia eu, Flávia, pudesse ver cara-a-cara um desses teóricos? Está certo que não sou muito de Agenda-Setting (análise de conteúdo é bom, mas cansa). No entanto, é impossível deixar de lado a oportunidade de conhecer o autor de tantos artigos e livros que tivemos que ler quando estávamos na graduação e agora outra vez, fazendo mestrado.

Segunda-feira, dia 22 de junho, a universidade onde estudo deu lugar à conferência The Agenda-Setting Role of The Media, com Maxwell McCombs. Cheguei antes para pegar um bom lugar e encontrei com uma das minhas professoras do mestrado conversando com um senhor com o cabelo todo branco, vestido com uma camisa branca, gravata e calça social marrom claro. De repente, minha professora me chama e diz: “Flávia, vem aqui. Quero que você conheça o McCombs”.

Numa fração de segundo, trilhões de coisas passaram pela minha cabeça:

  • lembrei do professor Edson Spenthoff explicando a teoria da Agenda-setting quando estávamos no quarto ano de Jornalismo, na Universidade Federal de Goiás (UFG);
  • lembrei do professor Joãomar Carvalho contando histórias de quando esteve com Mattelart, na França;
  • pensei no privilégio de poder conhecer um teórico tão importante…

Enquanto as pernas se endireitavam, fui tratando de levantar da cadeira onde estava sentada e caminhei em direção a ele. Segurei sua mão e, olhando pra baixo, sem saber muito bem o que dizer, saiu um “nice to meet you” super tímido. Ele me respondeu todo cordial e minha professora tratou de dizer quem eu era. Ele disse que era um prazer receber alunos do mestrado em sua conferência. Mal sabia ele que o prazer era inteiramente nosso!

A platéia era basicamente de professores. McCombs falou em inglês, de uma maneira muito clara e simples para que todos pudéssemos entender perfeitamente suas palavras. Foram 40 minutos que passaram rapidíssimo e ele mesmo propôs que lhe fizéssemos perguntas sobre as dúvidas que tivéssemos. Bom, como sempre, a primera pergunta do debate custa sair, mas um aluno do doutorado quebrou o gelo e perguntou se ele acreditava que a teoria ainda era válida depois de tantos anos. Ele disse que já questiona alguns aspectos que considera superados, mas que a essência continua motivando novas pesquisas que mantêm viva a teoria.

conferencia“Alguém quer fazer alguma outra pergunta?” E eu pensava: “tenho que perguntar, tenho que pergutar, não posso perder essa oportunidade”. Enquanto isso, nenhum professor queria se arriscar a arranhar um pouco o inglês enferrujado para falar com o palestrante. “Já sei!”, pensei. E levantei a mão. Comentei que quando estávamos no mestrado, tivemos que ler muitos artigos seus (ele achou divertido!) e que, mesmo assim, não havia entendido qual é a diferença entre o segundo nível da Agenda-setting e a teoria Framing.  De maneira muito rápida e prática, me disse que em 99% dos casos, é a mesma coisa. Deu alguns exemplos de pesquisadores que tentam estabelecer diferenças entre as duas, mas que, no fim das contas, não conseguem nada mais que comprovar que são a mesma teoria.

Depois de mim, ninguém mais quis arriscar a fazer uma pergunta e deram por finalizada a conferência. Dois professores foram falar com McCombs e, enquando eu recolhia minhas coisas, ele mesmo, em pessoa, veio falar comigo para explicar com mais exemplos o que me havia respondido. Um amor de pessoa! E a gente pensa que os grandes teóricos são todos inacessíveis, né? Pode até ser que a maioria seja mesmo como a gente pensa, mas McCombs provou que ser um teórico conhecido mundialmente e ser simpático e humilde são coisas absolutamente compatíveis.

7 pensamientos en “Teoria da Agenda-setting

  1. Muitoooo legal mesmo, Flávia…. Com certeza é um privilégio poder trocar idéias com um destes teóricos da Comunicação. É engraçado que quando a gente se depara com uma situação destas fica um misto de medo de perguntar algo tolo e medo de perder uma boa oportunidade. Fiquei até com vontade de voltar aos estudos, rsrs. Se DEUS quiser, em breve….. Bjão!!

    Me gusta

  2. É, imagino a grande emoção de estar frente a frente com uma personalidade desse calibre. Realmente vc viveu uma grande experiência e acredito que foi emoção e motivação ao mesmo
    tempo.

    Me gusta

  3. Oi Flávia.Estou pesquisando aqui sobre agenda setting,não entendo muito sobre isso,comecei esse mês a minha faculdade de jornalismo,mais muito legal,sobre o que você postou aqui…
    Um Grande Abraço e muito sucesso pra você.

    Me gusta

  4. Meu caso é o mesmo da Nina. Estou fazendo uma pesquisa pra relembrar o conceito de Agenda Setting, caí no seu blog, comecei a ler sua história, e não consegui mais parar. Muito bacana o depoimento! Também achava que esses teóricos eram completamente inacessíveis! Muito legal!

    Me gusta

  5. Eduardo, Paulo César, Josué, Nina, Thais e Patrícia: que bom ter os comentários de vocês publicados aqui no blog. “Voltando no tempo”, li outra vez o texto que redatei em 2009 sobre esse encontro inesperado com o McCombs para reviver essa experiência. Esse é um dos pontos positivos de ter um blog! Queria lhes dizer que este é um dos posts mais vistados até hoje (e já estamos em 2014). Pode ser que num futuro próximo eu o traduza ao espanhol, já que o público do blog ampliou as suas fronteiras. Obrigada por deixar aqui as suas impressões! Pena que eu não respondi antes, mas agora vocês já sabem que aprendi a usar melhor as tecnologias 2.0.🙂

    Me gusta

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s