Como estudar em uma universidade espanhola sendo estrangeiro

Fachada da UAH

Fachada da UAH

A admissão de alunos estrangeiros em uma universidade na Espanha está sujeita ao cumprimento de determinados requisitos. Existem três alternativas possíveis para entrar na universidade:

  • Admissão por Reconhecimento Parcial de Estudos Estrangeiros.
  • Admissão por Pré-inscrição (esta é a via comum para os alunos espanhóis).
  • Admissão com o título do Ensino Médio homologado na Espanha (sem vestibular).

Vejamos cada uma das alternativas para ter acesso às universidades espanholas.

Admissão por Reconhecimento Parcial de Estudos Estrangeiros (Admisión por Convalidación Parcial de Estudios Extranjeros)

Esta via de acesso está prevista para as pessoas que começaram e ainda não terminaram um curso superior – equivalente a um curso espanhol – em outros países. Também poderiam optar por esta alternativa aquelas pessoas que já concluíram um curso universitário fora da Espanha, mas que ainda não possuem o reconhecimento dos seus estudos pelo Ministério de Educação espanhol.

A admissão deve ser solicitada diretamente numa universidade espanhola e só pode ser concedida se o interessado conseguir validar um mínimo de 30 créditos do currículo espanhol. Cada instituição define o prazo, o procedimento e os formulários específicos.

A documentação necessária para esta petição é a seguinte:

  • histórico escolar;
  • currículo escolar;
  • programa das disciplinas aprovadas;
  • documento de identidade;
  • declaração jurada dizendo que o aluno não terminou o curso superior ou, no caso de tê-lo concluído, que ainda não solicitou de forma simultânea o reconhecimento dos seus estudos na Espanha.

Todos os documentos devem ser oficiais (original e cópia autenticada) e devem estar legalizados por via diplomática ou certificado de acordo com o estabelecido na Apostila da Convenção da Haia. A tradução oficial ao espanhol de todos os documentos escritos em outros idiomas é obrigatória. Além disso, é possível que você precise passar por um teste de nível de espanhol se não nasceu em um país de língua espanhola.

Admissão por Pré-inscrição (Admisión por Preinscripción)

Esta via de acesso é a que se utiliza habitualmente para solicitar a admissão em uma universidade espanhola. Permite cursar qualquer titulação oferecida por qualquer universidade de cada distrito universitário. O distrito universitário é a divisão administrativa do território espanhol que reúne as universidades públicas respeitando critérios geográfico. Ao distrito universitário de Madri, por exemplo, pertencem as seguintes universidades: UCMUPMUAMUAHUC3M y URJC.

É possível realizar a pré-inscrição simultaneamente em vários distritos universitários. Em cada pré-inscrição, o aluno pode solicitar vaga em distintos cursos de uma mesma universidade ou de universidades diferentes. Antes de solicitar a vaga, é importante decidir a ordem de preferência dessas opções. Cada opção, neste contexto, seria um curso superior em um campus de uma universidade.

Os alunos que cursaram estudos pré-universitários em um país estrangeiro e que desejam solicitar vaga através da pré-inscrição em uma universidade espanhola, deverá solicitar a homologação prévia do seu diploma de ensino médio no Ministério de Educação espanhol e aprovar os exames equivalentes ao vestibular (Selectividad para Alumnos Extranjeros) organizados pela Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) ou as provas de selectividad organizadas por qualquer universidade pública espanhola. Tanto os resultados dessas provas, quanto a possível admissão em alguma universidade dependem da homologação definitiva do diploma do ensino médio pelo Ministério de Educação da Espanha.

Claustro da UAH

Claustro da UAH

As pessoas que estudaram na União Europeia podem estar isentas das provas do vestibular ou selectividad, mas, em qualquer caso, deverão obter a credencial emitida pela UNED para poder solicitar vaga por pré-isncrição.

Admissão com o título do Ensino Médio homologado na Espanha (sem vestibular) (Admisión con título de bachillerato extranjero homologado en España – sin selectividad)

A partir de junho de 2014, o Ministério de Educação estabelece uma nova via de admissão para os alunos que, sem ter feito o vestibular espanhol, possuam o título estrangeiro de Ensino Médio homologado na Espanha. No entanto, por esta via, as universidades públicas só oferecerão vagas para os cursos com menos concorrência (que sobrem vagas durante o processo geral de admissão por pré-inscrição). Portanto, para ter mais e melhores opções de admissão, ainda seria aconselhável fazer a selectividad.

O governo da Espanha está pensando na possibilidade de modificar o sistema de acesso às universidades públicas no futuro. Assim, qualquer pessoa que pretenda vir estudar numa universidade espanhola a partir do ano letivo 2015-2016 poderia ser afetada por essas mudanças.

As universidades particulares possuem um sistema de admissão próprio e preços específicos. Se você tem a intenção de estudar em alguma delas, deverá consultar os seus critérios, procedimentos e  condições.

Anuncios

42 pensamientos en “Como estudar em uma universidade espanhola sendo estrangeiro

  1. Pingback: Legalização por via diplomática de documentos para utilizar na Espanha | Tomando novos rumos

  2. Pingback: Como homologar um diploma estrangeiro na Espanha | Tomando novos rumos

  3. Pingback: Universidades espanholas (públicas) | Tomando novos rumos

  4. Pingback: Universidades espanholas (particulares) | Tomando novos rumos

  5. Pingback: Nova via de acesso para alunos estrangeiros às universidades públicas espanholas | Tomando novos rumos

  6. Olá, meu nome é William, tenho 21 anos e sou estudante do curso de física da universidade de São Paulo USP,gostaria de saber como faço para estudar em uma universidade na Espanha, aproveitando algumas matérias que cursei aqui.Gostaria de saber também se o fato de minha mãe morar lá influência em algo,ela mora na Espanha faz 5 anos, tem permanência por conta do trabalho e deu entrada ano passado no pedido da cidadania.

    Muito obrigado pela atenção.

    Me gusta

    • Olá, William. O que você gostaria de fazer: estudar um período na Espanha e depois voltar para o Brasil e terminar o curso de Física na USP ou continuar os seus estudos em alguma universidade espanhola para obter somente o diploma espanhol? O fato de que a sua mãe more na Espanha e tenha a residência por motivo de trabalho significa que você poderia solicitar o visto para reagrupamento familiar. Outra possibilidade, já estando matriculado aqui na Espanha, seria pedir o visto de estudante. São dois tipos diferentes. Teria que ver qual deles seria mais interessante para você.

      Me gusta

  7. Olá Flavia, meu nome é Ericlys e gostaria de tirar uma dúvida. Estou indo morar na Espanha na casa de uma tia minha, com o intuito de conseguir me ingressar em uma universidade lá, porém não estou indo com visto de estudante, no meu caso eu poderia apenas homologar meu certificado do ensino médio e ir pra lá tentar fazer meu curso ou seria mais complicado que isso?
    Desde já, obrigado.

    Me gusta

    • Olá, Ericlys! Além de homologar o certificado do Ensino Médio, você também teria que realizar as provas da “Selectividad” espanhola (equivalente ao Vestibular). Depois de tudo isso, você teria que solicitar e conseguir vaga em alguma universidade espanhola. Pense bem na questão do visto, porque é preciso pedi-lo na embaixada espanhola no Brasil mesmo, não aqui na Espanha. Boa sorte!

      Me gusta

  8. Olá Flávia, sou a Alda e desde já agradeço pela tua disponibilidade: Sou angolana,tenho uma sobrinha estudar Negócios Internacionais no México . Está no 1º ano do curso e tem 20 anos. Ela pretende ir estudar para uma Universidade espanhola. Como ela deverá proceder sendo que já fala espanhol, já está na universidade e numa ex-colónia espanhola?
    Mais uma vez obrigada e desejos mais sucessos nos teus afazeres!

    Me gusta

    • Querida Alda, o fato de que a sua sobrinha esteja estudando no México infelizmente não é uma vantagem para obter vaga numa universidade espanhola. Ela teria que seguir o mesmo procedimento e cumprir com os mesmos requisitos que qualquer aluno espanhol ou estrangeiro. As vias de acesso seriam as mesmas que comentamos no texto: Admissão por Reconhecimento Parcial de Estudos Estrangeiros, Admissão por Pré-inscrição e Admissão com o título do Ensino Médio homologado na Espanha. Para ter mais alternativas, ela pode optar pelas três vias de acesso ao mesmo tempo e em várias universidades. Espero sinceramente que dê tudo certo para que a sua sobrinha possa estudar na Espanha. Obrigada pela visita!

      Me gusta

    • Olá, Maria!
      No seu caso, você teria que homologar a sua condição profissional de enfermeira. A nova legislação espanhola relativa ao reconhecimento dos estudos estrangeiros reserva a denominação de “homologación” (homologação) exclusivamente para aqueles diplomas que são necessários para exercer as profissões regularizadas na Espanha. Por exemplo: enfermeiros, médicos, fisioterapeutas, odontólogos, veterinários, advogados, arquitetos, professores do ensino básico, etc. Nesses casos, além de validar o diploma estrangeiro (o que atualmente se denomina “equivalencia a grado y titulación”), costuma ser necessário fazer um curso de pós-graduação chamado “Máster Habilitante” numa universidade espanhola para poder exercer a profissão. Dê uma olhada no site do Ministério de Educação da Espanha e também na página do Colegio Oficial de Enfermería. Boa sorte e obrigada pela visita!

      Me gusta

  9. Olá, Flávia!
    Eu gostaria de saber aonde e como consigo me inscrever para o exame de diploma de ensino médio homologado pelo governo espanhol.
    Tenho uma outra dúvida, o que é este exame obrigatório de acesso ao ensino superior?
    Ele também é necessário para adquirir uma bolsa de graduação na Espanha?

    Me gusta

    • Olá! Vamos por partes. Se você ainda não homologou o seu diploma do ensino médio na Espanha, você deve socilitar a homologação no Ministério de Educação espanhol. Com o diploma estrangeiro homologado, você já teria acesso à universidade de acordo com aquelas opções que contemplamos no texto. Para ter mais alternativas, seria interessante aprovar o exame obrigatório de acesso ao ensino superior chamado “Selectividad”. Com isso, você poderia solicitar todas as opções de acesso oferecidas por qualquer universidade espanhola. Sobre as bolsas, o Ministério de Educaçao da Espanha oferece anualmente bolsas de graduação, mas os requisitos dos editais podem variar de um ano para outro. Dê uma olhada no edital de bolsas deste ano para ter uma ideia dos requisitos acadêmicos e econômicos atuais. Obrigada pela visita!

      Me gusta

  10. Olá Flávia, bom dia, chamo-me Luís, sou Angolano, tenho um filho de 18 anos, terminou o médio no ano de 2015, gostaria que ele fosse estudar ainda este ano em Espanha, continuar os seus estudo numa boa universidade em Madrid (cidade universitária), que estivesse primeiramente a fazer línguas(Espanhol & Inglês e o preparatório para o curso de Ciências da Computação.

    Quais são os passos necessários para conseguir matricular?

    É possível enviar-me os Contactos( telefónico & e-mail) de algumas universidades em Madrid?

    Agradeço pela sua disponibilidade,

    Melhores cumprimentos.

    Me gusta

    • Olá, Luís! A primeira coisa que ele precisa fazer é homologar o diploma do ensino médio aqui na Espanha. Com o diploma estrangeiro homologado, o seu filho já teria acesso à universidade de acordo com aquelas opções que contemplamos no texto. Para ter mais alternativas, seria interessante que ele aprovasse (com a melhor nota possível) o exame obrigatório de acesso ao ensino superior chamado “Selectividad”. Deste modo, ele poderia solicitar todas as opções de acesso oferecidas por qualquer universidade espanhola. É aconselhável que ele realize a “Selectividade” na Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED). Antes de se matricular numa universidade, é preciso conseguir uma vaga de acordo com os procedimentos que explicamos no texto. Veja a lista de universidades públicas espanholas que publicamos aqui no blog. As sete primeiras estão em Madrid. Obrigada pela visita!

      Me gusta

  11. Hola Flavia meu nome é Fabricio sou Brasileiro estou no 5° semestre de Contabilidade gostaria de saber se ha possibilidade de terminar o Ensino Superior na Espanha, eu falo e escrevo fluentemente o Espanhol.

    Me gusta

    • Olá, Fabricio! Se o que você quer é obter o diploma espanhol de “Grado en Contabilidad y Finanzas”, você pode tentar entrar em alguma universidade espanhola pela via chamada “Convalidación parcial de estudios extranjeros”. Porém, pense que se você conseguir uma vaga, é possível que não validem todas as matérias cursadas no Brasil, o que poderia significar demorar mais anos em terminar a graduação. Outra opção seria fazer uma parte da graduação na Espanha, por meio de algum programa de intercâmbio “Munde” ou similar, e terminá-la no Brasil. Boa sorte! 🙂

      Me gusta

  12. Olá Flávia,
    Atualmente estou fazendo o meu segundo ano do ensino médio nos EUA, mas volto pro Brasil agora em junho de 2016 para terminar o terceiro ano ainda esse ano. Estou avaliando as possibilidades de faculdade pra mim. Eu tenho nacionalidade espanhola por conta do meu pai, e queria saber se eu quiser fazer faculdade na espanha eu entraria como aluna internacional ou usando meu passaporte espanhol eu entraria como qualquer outra estudante espanhola. Sei que não é uma pergunta frequente mas seu site forneceu muitas informações validas, e se voce não souber me responder, na tem problema. Obrigada de qualquer jeito.
    Aguardo sua resposta,
    Valenthina M.

    Me gusta

    • Olá, Valenthina! Na Espanha, a nacionalidade é irrelevante para o acesso a uma graduação oficial universitária. O que sim é relevante é o país onde você realiza os estudos prévios (para a Espanha e para os países da União Européia existem requisitos específicos e para outros países do mundo os requisitos são diferentes). No seu caso, como você vai terminar o ensino médio no Brasil, as universidades espanholas a considerariam como aluna estrangeira com relação à admissão. Para que você seja considerada como uma aluna espanhola, você pode homologar o diploma do ensino médio na Espanha e fazer a “selectividad española” (vestibular). Obrigada pela visita!

      Me gusta

  13. Ola Flavia,

    Atualmente estudo na Universidade Federal da Bahia,estou no 6 semestre e estudo engenharia civil. Estou no processo de “Convalidación parcial de estudios extranjeros”, validando os documentos para enviar para a Universidad de Sevilla. Quanto a declaracao jurada de nao ter concluido o curso, como devo proceder? O que devo escrever nessa declaracao equem deve homologa-la?

    Com relacao ao mercado de trabalho em Sevilla, voce saberia dizer se eh facil conseguir algum trabalho (qualquer que seja) para pagar os custos de vida la? Tenho nacionalidade espanhola e creio quecom isso poderia trabalahr sem nenhum embargo.

    Agredeco desde ja pelo site e aguardo sua resposta,

    Grato, Lucas Feitosa

    Me gusta

    • Olá, Lucas! A declaração jurada tem que ser feita por você mesmo, numa folha, utilizando uma fórmula bem simples:
      “Yo, (nome e sobrenome), con el documento de identidad (DNI, passaporte…), declaro bajo juramento que no he finalizado los estudios de (nome dos estudos) en (nome do país). (Local, data e assinatura)”.
      Esta declaração, como se trata de uma manifestação pessoal, não precisa de nenhum tipo de legalização nem homologação.

      Tendo a nacionalidade espanhola, você poderia ser contratado sem problema. Porém, lembre-se de que a Espanha ainda está em crise econômica e existe muito desemprego. Sevilla é uma cidade com muito turismo e muitos lugares como hotéis, bares e restaurantes onde você poderia tentar encontrar trabalho. Em qualquer caso, é uma das maiores cidades da Espanha e costuma ser mais fácil encontrar trabalho em cidades grandes. Boa sorte e obrigada pela visita!

      Me gusta

  14. .OLA FLAVIA!! Adorei seu blog,porém poderia me ajudar com algumas duvidas por favor!!!
    Eu sou Brasileira e tenho 25 anos.
    – Graduei em Cosmetologia e Estética
    – Formei em Tecnico de Enfermagem
    -Fiz um semestre de graduação de enfermagem e atualmente estudo o 1 ano de medicina na Argentina

    Minhas duvidas:
    – A graduação de Estetica existe na Espanha? Posso homologar para tentar entrar em medicina na espanha pela via de titulado?

    – o tecnico enfermagem poderia ser considerado um curso formaçao profissional e portanto tentar ser admitida por essa via ?
    ESte ano de 2017 como esta as mudanças em relaçao a uned, o site da uned ficou um pouco confuso p mim.. ainda não entendi se este ano 2017 sera obrigatorio ou não?

    – Em que mes as universidades costumam por seus editais de 2017 ?

    -Pela uned, se eu fizer a prova para maiores de 25 anos, nao posso ter homologado meus titulos? ou seja terei que escolher entre titulados e 25 anos?

    Porrrr favor me ajudee hehehe estou a 2 meses tentando entender tudo isso… muito obrigada desde ja ..bjuss

    Me gusta

    • Olá, Luana! Desculpe a demora. Vamos por partes:
      – A graduação oficial de Estética não existe na Espanha. Não é possível homologar o seu diploma para entrar em Medicina pela via de titulado nesse caso.
      – Você poderia tentar reconhecer o curso de Técnico de Enfermagem como estudo de Formação Profissional na Espanha.
      – A partir do mês de março, quase todas as universidades já vão ter informação sobre os editais de provas de acesso.
      – O curso de maiores de 25 anos é incompatível com o fato de você ter um título/diploma oficial reconhecido na Espanha que dê acesso à universidade.
      Em qualquer caso, consulte o site do Ministério de Educação espanhol.
      Obrigada pela visita!

      Me gusta

  15. Eu termino o Ensino Médio ano que vem aqui no Brasil e meu sonho é conseguir uma bolsa de medicina em uma faculdade na Espanha, mas não faço ideia de como conseguir. Eu faço um curso de Espanhol desde meus 12 anos (tenho 16), mas creio que não ficarei até o final do curso e sairei faltando um ano para terminar, ou seja, não terei um diploma, mas sei falar espanhol fluentemente. Não ter um diploma em um curso de espanhol pode atrapalhar em algo? Como posso participar dessa selectividad? Tenho que ir la me inscrever? A prova é presencial ou online? Eles fornecem dormitórios ou tenho que ter minha própria moradia?

    Me gusta

    • Olá, Karine! A primeira coisa que você deveria fazer é homologar o diploma do ensino médio com o “título de bachillerato” espanhol. Esse trâmite se solicita no Ministério de Educação espanhol. Para fazer a “selectividad”, que atualmente se chama “EvAU”, você tem que ter o diploma do ensino médio homologado e fazer as provas de acesso “EvAU” por meio da Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED). As provas da “EvAU” são presenciais e são feitos pela UNED em Madrid e em diversas capitais de países latino-americanos (quando chegue o momento, é preciso perguntar na UNED se a prova também pode ser feita em alguma cidade brasileira). Além disso, considere que para estudar medicina na Espanha em uma universidade pública, você teria que tirar uma nota altíssima, praticamente a nota máxima tanto no ensino médio, quanto nas provas de acesso. Não sei dizer se é necessário ou não ter o diploma oficial do Instituto Cervantes (Diploma de Español como Lengua Extranjera – DELE) para fazer as provas de acesso “EvAU” ou para entrar em uma universidade espanhola. Pergunte na própria UNED. Aqui na Espanha é o Ministério de Educação que publica os editais das bolsas para cursos universitários, mas são para os alunos já matriculados em cursos superiores. Respondendo a sua última pergunta, não há dormitórios para os estudantes que vêm fazer as provas de acesso. Espero que você tenha muita sorte e consiga realizar o seu sonho. Obrigada pela visita!

      Me gusta

  16. oi, boa tarde! tenho um grado o brasil e quero fazer outro na espanha. Tem como entrar na faculdade sem vestibular, só com a homologação do meu grado?
    Leticia.

    Me gusta

    • Olá, Leticia! Se você conseguir que o Ministério de Educação espanhol lhe conceda a equivalência a “Grado y Titulación Española” (ou, se for o caso, a homologação), você já poderia solicitar o acesso ao “Grado” para alguma das vagas que são oferecidas para pessoas com diploma universitário (1% das vagas de cada “Grado” em cada universidade pública espanhola e um número indefinido na UNED e nas universidades particulares). Obrigada pela visita!

      Me gusta

  17. Boa noite,
    Minha filha brasileira pretende fazer medicina em uma universidade na Espanha. Seria possível ela usar o título de ensino médio homologado na Espanha para fazer medicina?
    Você poderia indicar quais Universidades ela teria oportunidade de ingressar com a nota do ensino médio, sem vestibular?
    Desde já fico grato pela atenção.

    Me gusta

    • Olá, Adilson! Sem o vestibular, a sua filha só poderia ter a oportunidade de estudar Medicina nas universidades particulares. Nas universidades públicas, o acesso ao curso de Medicina requer EvAU (o vestibular espanhol) e, além disso, tirar uma nota altíssima nessa prova (quase 14, que é a nota máxima). Agradeço a sua visita!

      Me gusta

  18. Bom dia,
    Gostaria de saber se posso me formar no brasil e depois convalidar os créditos para fazer mais alguns na Espanha e tb ter diploma esponhol, além do brasileiro?

    Me gusta

    • Olá, Alessandra! Se você obtivesse um diploma universitário oficial no Brasil, depois você poderia solicitar, no Ministério de Educação espanhol, a homologação ou a equivalência chamada “Equivalencia a Grado y Titulación” e, dessa forma, se o ministério lhe concedesse a homologação/equivalência, você conseguiria o mesmo status que um diplomado universitário espanhol sem ter que conseguir admissão em uma universidade espanhola (costuma ser a parte mais complicada) e fazer o curso superior. Atualmente, a homologação está reservada para os cursos superiores da área da saúde e para professores do ensino fundamental. Para os demais cursos superiores, só seria outorgada a equivalência. Obrigada pela visita!

      Me gusta

  19. olá Flávia,
    Sou Carolina e irei fazer um grado na Espanha esse ano. Já fiz minha “preinscripción”, mas estou com algumas dúvidas em relação ao visto, porque para consegui-lo preciso da carta de aceitação, a qual, segundo me disseram, só consigo depois da matrícula que preciso fazer pessoalmente. O problema é que estou no Brasil. Por isso queria saber se é possível ir para a Espanha e me matricular sem o visto para depois voltar e tirar o visto?

    Desde já grata

    Me gusta

    • Olá, Carolina! A carta de aceitação é prévia à matrícula. O que você tem que consultar na Embaixada da Espanha é se podem lhe dar o visto só com a carta de aceitação ou se, pelo contrário, seria preciso justificar que a matrícula foi feita, inclusive que foi feito o pagamento da mesma. Se fosse preciso realizar o pagamento da matrícula para obter o visto, você não teria outra opção e teria que pagá-la (pense que poderia ser suficiente justificar a primeira parcela no caso de você pagar a matrícula parcelada). Normalmente não é preciso estar na Espanha para realizar o pagamento da matrícula. Pergunte na sua universidade qual é o procedimento para pagar o recibo estando em um país estrangeiro. Outra opção é que o pagamento fosse realizado por uma pessoa da sua confiança que more na Espanha. Muita sorte e obrigada pela visita!

      Me gusta

  20. Olá.
    Eu gostaria de transferir meus estudos para espanha.
    curso medicina e gostaria de continuar em MAdrid.
    A documentação para enviar a faculdade, eu tenho que tirar toda aqui e enviar para lá, o existe algum tramite que deve ser feito la diretamente?
    Alias, nao poderia me indicar alguma empresa de assessoria ou alguem que ja conheça o caminho das pedras para me ajudar?
    muito obrigado.

    Me gusta

    • Olá, Vinícius! No caso de Madrid, só há duas universidades públicas que têm o curso de Medicina (Universidad Complutense de Madrid e Universidad Rey Juan Carlos) e nessas universidades não é fácil conseguir admissão para Medicina pela via específica da convalidação parcial de estudos estrangeiros. Visite os sites dessas universidades para ver os prazos e as normativas específicas para esse tipo de acesso. Além disso, para a via de acesso mais general (com a prova de EvAU aprovada na Espanha), a nota que costuma ser necessária para entrar em Medicina, como no Brasil, é altíssima. Nas universidades particulares o acesso por qualquer uma das vias costuma ser mais fácil, mas o preço da matrícula é muito elevado. Sobre os documentos, sim, é preciso tirá-los aí no Brasil. Por último, não conheço nenhuma empresa de confiança que trabalhe com esse tipo de trâmite. Obrigada pela visita!

      Me gusta

  21. Entendi.
    Bom, vou entrar em contato com as faculdades.
    Você chegou a comentar sobre as faculdades particulares, que são caras. Mas em relação ao ensino nessas faculdades e como são vistas pelas pessoas que vão buscar medicos aí. Tem boa fama? Poderia me indicar algumas?
    Muitissimo obrigado pela atenção!

    Me gusta

    • Sim, Vinícius, faça isso. Com relação às universidades particulares, a qualidade do ensino é excelente e não deixa nada a desejar em comparação com as públicas. O único problema é o preço, que acaba sendo o grande obstáculo para a maioria dos estudantes que querem fazer medicina. Aí no Brasil, as universidades públicas são muito mais conceituadas do que as particulares, mas aqui na Espanha essa questão é um pouco diferente. Tanto as públicas quanto as particulares são conceituadas. Uma das melhores universidades do país é particular (Universidad de Navarra). Em Madrid, é possível estudar medicina, por exemplo, na Universidad San Pablo CEU, na Universidad Alfonso X el Sabio, na Universidad Europea de Madrid ou na Universidad Francisco de Vitoria. Todas têm boa fama. Lhe desejo muita sorte!

      Me gusta

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s