Polêmico «tweet» sobre todos os tipos de violência

Quarta-feira, dia 1º de abril de 2015: a Guardia Civil espanhola publica um tweet, às 17:30 (horário peninsular espanhol) que acabou provocando uma grande polêmica sobre o tratamento da violência no lar. O tweet foi retirado da sua conta oficial devido aos protestos liderados pela secretária de igualdade do Partido Socialista Obrero Español (PSOE), Carmen Montón.

violencia no lar

A Guardia Civil, depois de eliminar o tweet que mostrava uma montagem de uma campanha contra a violência entre homens e mulheres, publicou uma mensagem pedindo desculpas pelo argumento utilizado contra o que a corporação prefere denominar violência doméstica. A polícia explicou que a sua intenção era simplesmente incentivar às pessoas maltratadas a denunciar e a sair dessa situação.

Os meios de comunicação espanhóis possuem uma larga tradição no tratamento da informação sobre a violência machista, dando prioridade à publicação dos casos confirmados de violência contra a mulher. Sem dúvida, este é um trabalho necessário para tratar de alcançar a igualdade de gênero. Porém, alguns grupos políticos e sociais acabam criando uma espécie de seita na qual o homem, em nenhuma situação, pode “ser mais” que a mulher. Neste caso, consideram que uma mulher jamais poderia maltratar uma pessoa do sexo oposto. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra. Igualdade é igualdade, entre homens e mulheres e entre mulheres e homens.

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s