Reveillon em Sevilla

Plaza de España

Plaza de España

Que maravilha de temperatura fazia em Sevilla em pleno inverno espanhol. 18 ºC no dia 30 de dezembro pela manhã e 20 ºC pela tarde. Que maravilha! Era tudo o que eu queria para começar bem a comemoração de “nochevieja”, ou seja, de virada de ano.

Torre da Catedral

Torre da Catedral

Sevilla é uma cidade linda. Quase 100% plana. Assim facilita muito caminhar e passar pelos principais pontos turísticos. Recomendo: Catedral e Alcázares. M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o-s! Mas tem que subir na torre antiga da Catedral para ver a cidade bem do alto. Impressionante!

O sul da Espanha tem umas cores diferentes. É mais alegre, mais acolhedor que o centro da panínsula. Gostei muito da viagem. Pra começar, me aventurei pela primeira vez a fazer uma viagem de AVE (Alta Velocidad Española), que ultrapassa os 300 Km/h. E a gente nem nota. Parece até que vai na velocidade dos trens normais. A diferença é que um trem normal gastaria muito mais tempo para chegar ao destino.

Real Alcázar de Sevilla

Real Alcázar de Sevilla

Meu primeiro passeio pelo centro de Sevilla foi uma descoberta. O centro histórico está cheio de laranjeiras e agora em dezembro, todas as laranjas estão maduras. Uma das coisas mais lindas que já vi na vida! A natureza nunca deixa de surpreender. O problema é que essas laranjas são amargas. Só servem para fazer geléia. Quer saber? Melhor assim. Se fossem doces, com certeza todo mundo ia passar o dia inteiro chupando laranja na rua!

Voltando ao detalhe de que a cidade é quase 100% plana, a prefeitura teve a excelente idéia de proporcionar aos turistas e aos moradores de Sevilla um serviço de aluguel de bicicletas. Muito criativo, prático, útil, barato e não polui o meio ambiente. Você faz seu cartão de usuário do sistema e pode comprar os créditos conforme o período que queira alugar uma bike. Cansou de andar e quer deixar a bici em lugar seguro, tem estacionamento com código de segurança em tudo quanto é lugar. Idéia estupenda.

Relógio da Plaza Nueva

Relógio da Plaza Nueva

Dia 31 de dezembro, às 23:45: estava eu e mais umas 10 mil pessoas na Plaza Nueva vigiando o relógio da prefeitura para comer as doze uvas, seguindo a tradição espanhola. A cada badalada, uma uva. O problema é que, às 00:00 em ponto, o sino não bateu. Hahahahaha! Que comédia! Ficou todo mundo esperando, olhando pro relógio, com as uvas na mão e nada. Depois dizem que brasileiro é que é desorganizado. Sei lá o que aconteceu. Creio que iam deixar mais tempo entre uma badalada e outra pra gente não engasgar, só que acabou não dando certo. Espanha também tem dessas coisas!

Ruas do centro de Sevilla

Ruas do centro de Sevilla

Anuncios